For a better experience please change your browser to CHROME, FIREFOX, OPERA or Internet Explorer.
  • Melhores Clínicas do Brasil
  • Tel:(11) 4249-0224
O que é clínica de reabilitação

O que é clínica de reabilitação

As clínicas de reabilitação são instituições sérias, que têm como foco tratar e acolher dependentes químicos – sejam homens ou mulheres. Saiba o que é uma clínica de reabilitação.

Como funciona a clínica de reabilitação

Uma clínica de reabilitação funciona como um refúgio, um lugar repleto de profissionais capacitados para acolherem os pacientes que sofrem com a dependência química.

O dependente pode escolher a internação por conta própria para realizar o tratamento, ou a família decidir pelo paciente e optar pela internação involuntária.

Estrutura da clínica

A maioria das clínicas de reabilitação possuem:

  • Local para receber os pacientes (se for necessária intervenção médica).
  • Corpo clínico composto por médicos, enfermeiros, psicólogos, psiquiatras e fisioterapeutas, disponíveis 24 horas por dia.
  • Espaços destinados ao lazer: academias, piscinas, quadras de esporte.
  • Atividades como leitura de livros, músicas, reuniões, palestras.
  • Alimentação balanceada

Tratamentos

Sabemos que ainda existe muito preconceito em relação às clínicas de reabilitação, seja por parte das famílias dos dependentes, ou da própria sociedade.

As clínicas de reabilitação existem para tratar, recuperar e capacitar os pacientes a estarem aptos a voltarem para suas vidas normais, com suas famílias e empregos.

A dependência química é um vício incontrolável, impossível de ser tratado isoladamente pelo paciente.

Dependência química: pode ser por drogas ou medicamentos, a dependência causa um comportamento agressivo, o usuário pode parar de se alimentar e se hidratar, bem como de deixar a convivência em sociedade.

Quando a família se vê em uma situação crítica com o dependente, onde ele corre risco de vida, o responsável pelo paciente pode dar entrada na internação involuntária, a fim de salvar a vida do ente querido.

O próprio dependente pode optar pelo tratamento voluntário, e se internar em uma clínica de reabilitação.

Alcoolismo: pessoas que têm problemas com o vício em bebidas alcoólicas. O consumo do álcool em excesso, traz uma falsa sensação de controle – o indivíduo pensa que pode parar com o vício quando quiser – e assim acabam se afundando mais nas bebidas, comprometendo a sanidade mental, a alimentação normal e até mesmo o sono.

Quem tem problemas com o álcool, se vê em uma situação difícil de sair sozinho, pois a facilidade de comprar bebidas alcoólicas é imensa, seja em supermercados e mercearias.

Quantidade de dependentes químicos no Brasil

Uma pesquisa feita pela ONU – Organização das Nações Unidas mostrou que cerca de 158,8 milhões de pessoas da idade de 15 a 64 anos, use drogas preparadas com haxixe e maconha em todo o mundo.

Um número extremamente preocupante, pois só na América do Sul há pelo menos 6,7 milhões de usuários de drogas, e na América do Norte cerca de 31 milhões de usuários de drogas de todos os tipos.

No Brasil só na capital do Estado de São Paulo, o número de usuários de drogas já ultrapassou a marca de 56 mil pessoas, principalmente entre os jovens e adultos.

Motivos que levam ao vício de drogas ou álcool

Inúmeros são os motivos que levam uma pessoa a usar drogas ou consumir álcool em excesso. Mas, alguns deles podem ser identificados como padrão no comportamento dos dependentes químicos ou alcoólicos:

1-Fugirem da realidade (a fim de aliviar as preocupações)

2-Fazerem parte de um grupo, serem aceitos

3-Parecer que estão no controle da situação

4-Viram parentes e amigos usando e querem experimentar também

5-Demonstrarem rebeldia com a sociedade

6-Imaturidade

7-Distrair do tédio

Sintomas físicos de uma pessoa com dependência

Alguns dependentes químicos ou alcoólicos podem apresentar um, ou todos os sintomas causados pelas drogas ou pelas bebidas alcoólicas.

– Irritabilidade sem motivo aparente

– Depois de ter começado a usar a droga ou consumir o álcool, a pessoa não consegue mais parar sozinha

– Aumento da tolerância a novas substâncias

– Ansiedade

– Sentimento de perseguição, alucinações

– Falta de apetite ou aumento da fome

– Perda de peso

– Perda do sono

A dependência química e alcoólica não tem cura, apenas tratamento e controle. Por isso é importante que o paciente siga corretamente as instruções e tratamentos dos médicos.

Mesmo depois da alta do tratamento, o indivíduo voltará a vida normal, porém, com restrições, já que ele precisará evitar os lugares onde comumente ele encontraria as substâncias químicas e alcoólicas.

leave your comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[]
1 Step 1
Entre em contato
Nome Completo
Telefone
Celular
Mensagem
0 /
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Top
× Podemos te Ajudar?